Moda em movimento: confira os cliques cheios de swing da nova campanha da Gucci

A coleção pré-fall mescla peças esportivas com outras glamourosas (Foto: Divulgação)A coleção pré-fall mescla peças esportivas com outras glamourosas (Foto: Divulgação)

Nem estúdio de fundo infinito, nem top models ou bloggers consagradas como protagonistas. Um vasto time de dançarinos – e o début de modelos como Achok Majak, Elibeidy, Bakay Diaby, Nicole Atieno e Keiron Berton Caynes  – marcam a campanha “Soul Scene”, que lança a nova coleção pré-fall Gucci.


O ensaio de moda, fotografado em clima de festa cool e com de pista de dança animadíssima, teve como inspiração a exposição londrina “Made You Look” de 2016,  visitada por Alessandro Micheli, diretor criativo da marca, e que retratava a masculinidade e o dandismo negro. O trabalho de Malick Sibidé, fotógrafo de Mali e um dos integrantes da exibição, serviu também como um dos principais fios condutores para a construção das imagens da nova campanha Gucci.

A campanha foi inspirada nos retratos do artista Malick Sidibe´ (Foto: Divulgação)A campanha foi inspirada nos retratos do artista Malick Sidibe´ (Foto: Divulgação)

Os cliques de Sibidé, capturados na noite dos jovens de Bamako, sua cidade natal, retratavam a autoexpressão de homens e mulheres, que desafiavam pela arte e dança, as convenções da sociedade. O autor das fotos da Gucci é o britânico Glen Luchford, amigo de longa data da grife e que recupera neste trabalho o espírito do movimento underground negro da Inglaterra da década de 60.

Os acessórios altamente decorados que devem se tornar hit (Foto: Divulgação)Os acessórios altamente decorados que devem se tornar hit (Foto: Divulgação)

Entre as tendências representadas no shooting estão looks super 80’s, sendo o sportswear a grande estrela da festa. Joggings, leggings e outras manias do universo esportivo revezam-se pela pista de dança. Ganham a companhia de peças paetizadas e até meias-calças logotipadas. Os acessórios, como não poderiam deixar de ser, roubam a cena. Ganham patches, mensagens de amor, grandes proporções e devem, em breve, se tornar o mais puro desejo.

Até iguanas compõem o set (Foto: Divulgação)Até iguanas compõem o set (Foto: Divulgação)

Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models UOL Estilo G1 Moda  Folha S.Paulo Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Verde: Como usar a cor do ano na maquiagem de 6 jeitos cool

Verde greenery: Como usar a cor do ano na maquiagem (Foto: Andrea Dematte)Verde greenery: Como usar a cor do ano na maquiagem (Foto: Andrea Dematte)

O verde greenery é a cor deste ano. Então, que tal apostar na cor também na hora da maquiagem, hein? Aqui, a maquiadora Juliana Rakoza ensina algumas maneiras de usar o verde em produções com foco nos olhos + batons nudes + pele perfeita. E tem opção para todos os gostos – para quem prefere um toque de cor mais discreto, um pouco mais ousado e até para quem ama a mania do momento e quer de jogar no glitter.


Eleja a sua!


1- Verde para as + discretas!

Verde greenery: Como usar a cor do ano na maquiagem (Foto: Andrea Dematte)Verde greenery: Como usar a cor do ano na maquiagem (Foto: Andrea Dematte)

“Para quem quer só um toque de cor na maquiagem. Vale apostar em pele bem iluminada, blush de contorno bronze, correção de sobrancelha e batom nude terroso. Nos olhos, pigmento molhado verde clarinho. Aplique em toda a pálpebra móvel até o concâvo e esfume. Embaixo, na linha dos cílios, lápis verde escuro. Dentro da linha d’água lápis bege claro pra abrir o olhar”, ensina Ju.


2- Delineado preto + toque de verde

Verde greenery: Como usar a cor do ano na maquiagem (Foto: Andrea Dematte)Verde greenery: Como usar a cor do ano na maquiagem (Foto: Andrea Dematte)

“O delineado gráfico poderoso ganha um toque do verde na linha dos cílios inferiores, com lápis e sombra verde por cima. O restante do visual é básico: pele iluminada e contornada + boca mais neutra. Se quiser, vale ousar e colocar um batom vermelho. Fica ótimo”, aconselha a maquiadora.


3- Delineado preto + delineado verde ousado

Verde greenery: Como usar a cor do ano na maquiagem (Foto: Andrea Dematte)Verde greenery: Como usar a cor do ano na maquiagem (Foto: Andrea Dematte)

“A base é o look anterior, que ganha um ar mais ousado. Complete o visual com um ponto luz no canto interno dos olhos. Use um glitter furta-cor. Complete o delineado com uma linha verde de glitter que vai por cima do delineado preto. Para ficar cool, não precisa completar o traço até o fim dos olhos. Deixando a pontinha apenas com o traço preto”, ensina Ju.


4- Para brilhar: verde esfumado + glitter como iluminador

Verde greenery: Como usar a cor do ano na maquiagem (Foto: Andrea Dematte)Verde greenery: Como usar a cor do ano na maquiagem (Foto: Andrea Dematte)

“Para o visual, abuse do pigmento verde na pálpebra movel e linha dos cílios infefior e do glitter, que vai no cantinho interno dos olhos e também faz as vezes de iluminador. O tom de boca é mais rosadinho para esquentar o look. Pele bem contornada e lápis bege ou branco para abrir o olhar completam o visual, que tem um toque de sereismo por causa dos tons furta-cor”, explica a expert.


5- Se joga no glitter: Olho verde pesado + iluminador caprichado

Verde greenery: Como usar a cor do ano na maquiagem (Foto: Andrea Dematte)Verde greenery: Como usar a cor do ano na maquiagem (Foto: Andrea Dematte)

“Para quem ama glitter, aqui a dica é fazer um degradê que passa pelo verde mais claro até um verde folha, Fiz uma camada de pigmento verde + glitter. Anote o truque: é possível conseguir o efeito usando cola para cílios. Como o produto seca muito rápido, tem que aplicar o glitter imediatamente. Então, faça por partes. A boca é mais neutra e pele de linda. Abuse também do glitter em dois tons como ilumidador”, aponta Ju.


6- Verde glossy e ultrasexy

Verde greenery: Como usar a cor do ano na maquiagem (Foto: Andrea Dematte)Verde greenery: Como usar a cor do ano na maquiagem (Foto: Andrea Dematte)

“Aqui, o tcham é usar a base da maquiagem anterior, mas ousar mesmo na hora da finalização. O degradê ganha um ar sexy graças à aplicação de gloss nas pálpebras. O efeito glossy é cool e é a última tendência no mundo da beauté. Aposte!”, finaliza a maquiadora.


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models UOL Estilo G1 Moda  moda” target=”_blank”>Folha S.Paulo Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Um mês após dar à luz, Beyoncé mostra boa forma na 1ª aparição pública

Beyoncé (Foto: Reprodução/Instagram)Beyoncé (Foto: Reprodução/Instagram)

Cerca de um mês após dar à luz os gêmeos Rumi e Sir Carter, Beyoncé fez sua primeira aparição pública em um evento nos Estados Unidos.


A cantora surgiu com um decote e uma saia de cintura alta, deixando sua boa forma em evidência.


Poucas horas antes, ela divulgou a primeira foto com os filhos mais novos.

Beyoncé (Foto: Reprodução/Instagram)Beyoncé (Foto: Reprodução/Instagram)

Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos SPFW Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Moda no Estadao Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Wearables emocionais: Conheça as roupas que podem medir e melhorar seu humor

Wearables: Não precisa ser tão literal assim... (Foto: Getty Images)Wearables: Não precisa ser tão literal assim… (Foto: Getty Images)

Você sabe o que são wearables? A palavra que virou queridinha no mundo da moda e da tecnologia é usada para se referir a gadgets “vestíveis”, ou seja, roupas que usam a tecnologia para deixar mais fácil ou mais prazerosa a vida e a experiência de quem usa.


Antes restritos apenas a nichos, os wearables têm ganhado mais espaço no closet das pessoas. E não é só coisa de start-up do Vale do Silício. A Levi’s, uma das marcas de jeans mais famosas do mundo, lançou no South by Southwest (SXSW) deste ano uma jaqueta com função touchscreen no punho das mangas. Batizada de Jacquard, a peça é uma parceria com o Google que permite trocar de música, atender ligações e te dar direções direto no fone de ouvido – tudo isso sem pegar no celular.


Outro tipo cada vez mais popular de wearable são os emocionais, que ajudam a medir e mapear nosso humor. “A indústria de tecnologia está se unindo a empresas de dados para desenvolver cada vez mais a moda wearable, que, apesar de high tech, pode nos ajudar a desacelerar”, explica Nicola Belli, diretor de inovação da Safilo, que está desenvolvendo o Smith Lowdown Focus, óculos com sensores que leem a atividade cerebral e ajudam a descansar a visão e a relaxar. “De acordo com os sinais emitindo para o cérebro, o acessório desenvolve atividades de relaxamento e aumentar nossas funções mentais”, completa Belli.

Smith Lowdown Focus, da Safilo (Foto: Divulgação)Smith Lowdown Focus, da Safilo (Foto: Divulgação)O Smith Lowdown Focus tem um sensor na haste (Foto: Divulgação)O Smith Lowdown Focus tem um sensor na haste (Foto: Divulgação)

Falando em wearable, lembra do anel que foi hit nos anos 90 e mudava de cor conforme a temperatura do corpo? Então, pense em uma versão high-tech: o Moodmetric é exatamente isso. Aliado a um aplicativo para smartphone, ele é capaz de medir seu nível de stress e, depois de um período de 2 a 8 semanas, oferece insights como os horários de pico e as situações em que seu nível de irritação ou ansiedade aumentaram.

Moodmetric: anel que ajuda a medir seu humor (Foto: Reprodução)Moodmetric: anel que ajuda a medir seu humor (Foto: Reprodução)Moodmetric: anel que ajuda a medir seu humor (Foto: Reprodução)Moodmetric: anel que ajuda a medir seu humor (Foto: Reprodução)

 


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Moda no Estadao Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Quilos a mais e altura de menos? Aprenda a usar os hits das passarelas seja qual for o seu biotipo

Lindo na passarela, impossível no meu corpo! Ah, como eu gostaria de ter mais 10 cm para usar este vestido!  Se eu tivesse 15 kg a menos, sairia agora mesmo com esta saia! Quem nunca assistiu a um desfile, seja ao vivo ou na tevê, e não saiu desejando absurdamente algo. E, é claro, pensando incessantemente em alguma destas frases.


A moda é capaz de muitas coisas e uma delas é de promover efeitos ópticos capazes de valorizar nossos pontos fortes, esconder os não tão privilegiados e ainda assim se encaixar elegantemente na nossa figura, entre peças que aparentemente pareciam impossível.
Aqui você confere uma lista de tudo que pipocou pelas passarelas nacionais e internacionais na última temporada. E aprende a melhor maneira de aderir a elas desde já.

O look monocromático da Max Mara (Foto: imaxtree)O look monocromático da Max Mara (Foto: imaxtree)

Vermelho
Pouca gente sabe, mas produções monocromáticas, seja vermelhas ou em qualquer outra coloração, são ideais para quem quer parecer mais alta. Sem nenhum corte na silhueta, tanto o tronco quanto as pernas parecem mais longilíneas. Se você quiser ainda potencializar o efeito, e seu look envolver saias ou vestidos, opte pela companhia de escarpins ou sandálias decotadas, todas no tom nude. Valem os de camurça, couro ou verniz. Se a intenção for disfarçar quilos a mais, procure nuances do tom mais fechado. Peças na coloração sangue, por exemplo, são mais indicadas do que um tom quase alaranjado.

A saia mídi Madsen, com cintura alta, dá a impressão de pernas mais longas (Foto: imaxtree)A saia mídi Madsen, com cintura alta, dá a impressão de pernas mais longas (Foto: imaxtree)

Saia Mídi
Há pelo menos três temporadas o modelo não abandona as passarelas. E é uma lenda pensar que o comprimento é proibido para quem é baixinha.  A solução é aderir a um exemplar da peça com a cintura  mais alta, o que fará com que as pernas pareçam mais longas. Ter critério na escolha do sapato também é imprescindível. Mais uma vez, os nude são perfeitos. Se quiser usar bota, aposte no combo saia+meia opaca+ botas no mesmo tom. Ou pelo menos que tudo fique mais ou menos na mesma coloração, sem pesos ou cortes extras na silhueta. Se seu problema for quilinhos extras, use o efeito óptico a seu favor. Se a parte mais volumosa do corpo for os quadris, saias mídis mais soltas e de tons escuros são perfeitas. Em cima, aposte em tops mais claros e até com estampas.

O modelo Dolce & Gabbana ganha a companhia de jaqueta jeans, camuflando braços fora de forma (Foto: imaxtree)O modelo Dolce & Gabbana ganha a companhia de jaqueta jeans, camuflando braços fora de forma (Foto: imaxtree)

Vestido lingerie
Você está acima do peso e é apaixonado pelo modelo? Não se preocupe. Uma maneira ótima de fazer com que o vestido lingerie estruturado ou mesmo um slipdress (modelo mais leve, tipo combinação) tenha espaço no seu dia a dia é vestí-lo por baixo deles uma t-shirt de malha extra-fina, que ajudará a camuflar braços roliços. Ou ainda investir em paletós ou jaquetas do tipo boyfriend, mas desde que você não seja muito mignon. Neste caso, um casaqueto do tipo cropped  funcionará como cobertura ideal. Nos pés, as baixinhas podem aderir a mocassins de salto alto e quadrado. Já as gordinhas, sandálias altas de salto fino e parte de cima decotada. As metalizadas são ótimas alternativas.

A saia longa de veludo molhado Alberta Ferreti coloca os quadris em destaque, camuflando a barriguina ou os seios fartos (Foto: imaxtree)A saia longa de veludo molhado Alberta Ferreti coloca os quadris em destaque, camuflando a barriguina ou os seios fartos (Foto: imaxtree)

Veludo molhado
O brilho é campeão em potencializar medidas. A melhor maneira então é deixar a peça confeccionada no material próxima a região do corpo que você mais se orgulha. Seu corpo é do tipo triângulo invertido, com ombros ou seios turbinados? Invista então numa pantalona no teciddo na companhia de um tricô discreto e sequinho.


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online SPFW Folha de S.Paulo Portal G1 UOL Estilo Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Moda no Estadao Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Travesti na novela das 9, Silvero Pereira se sente bem como homem ou mulher

Silvero Pereira fala sobre Nonato de A Força do Querer e as questões LGBT (Foto: Globo/Maurício Fidalgo)Silvero Pereira fala sobre Nonato de A Força do Querer e as questões LGBT (Foto: Globo/Maurício Fidalgo)

Silvero Pereira se define como uma pessoa que não gosta de se “encaixotar”. Livre de preconceitos e firme em suas opiniões, ele não deixa que ninguém o coloque para baixo. “Ser chamado de ‘viado’ e ‘traveco’ para mim é motivo de orgulho”, diz ele em entrevsita. Cearense de Mombaça, uma cidade de 50 mil habitantes, o ator de 35 anos – filho de operário e mãe lavadeira – é casado há nove com um dramaturgo, mas teve várias namoradas na adolescência.  


Foi pensando em defender atores transexuais e travestis que Pereira montou a companhia teatral AsTravestidas. Defensor dos direitos da comunidade LGBT, ele acredita que é preciso lutar por leis que defendam a todos: “Se não, vamos acabar revelando que o Brasil se finge democrático e libertário, mas é assassino e violento.”


Como tem sido a repercussão de seu personagem na novela?
SILVERO PEREIRA Faço teatro há 18 anos. Construí uma trajetória artística e política muito importante. Há 15 anos, me dedico às questões LGBT, de travestis, transexuais e transformistas, e  ganhei notoriedade, mas, claro, tudo isso está muito longe do que uma novela das 9 consegue proporcionar. Não consigo mensurar o tamanho disso tudo. Estou em cartaz em São Paulo com a peça “Brtrans“, e, outro dia, andando pela Avenida Paulista, pela primeira vez as pessoas me abordam para falar sobre o Nonato, meu personagem na novela. Nas redes sociais, tenho um Instagram bem ativo e, às vezes, entro ao vivo. Quando isso acontece, sempre aparece uma pessoa que decide me agredir. Reajo politicamente.


O que chama de reagir politicamente?
PEREIRA – Quando tentam me chamar de “viadão”, “traveco”, palavras que podem ser consideradas depreciativas e insultos, eu rebato dizendo que, para mim, elas são motivo de orgulho, adjetivos bem positivos. Esse tipo de atitude faz com que eu acabe levantando essa bandeira para outras pessoas que, no dia a dia, são agredidas e até espancadas. Costumo dizer: “Respondam [às agressões] e se sintam orgulhosas pelo que são”. É muito fácil julgar uma travesti que está na esquina se prostituindo. Mas qual a história dela? Precisamos nos aprofundar nessas questões, sair da superficialidade para entender o que ela sofreu desde criança. Ela está na rua tentando sobreviver.

Leandra Leal e Silvero Pereira na Parada do Orgulho LGBT, neste domingo (18) (Foto: Reprodução Instagram)Leandra Leal e Silvero Pereira na Parada do Orgulho LGBT, neste domingo (18) (Foto: Reprodução Instagram)

Quando decidiu ser ator?
PEREIRA – Minha irmã Cristiana e eu costumávamos brincar de show de calouros. Desde pequeno, gostava de me fantasiar. Trancado no banheiro, me sentia seguro para me expor, pois, sozinho, podia brincar com minhas fantasias. Alguns amigos na infância, principalmente as meninas,  compreendiam minha inclinação para as artes e participavam das minhas invenções. Mas só fui saber o que era teatro quando me mudei para Fortaleza, aos 17 anos. Quando assisti a primeira peça de teatro, descobri o que queria fazer na vida.

Silvero vive a travesti Elis Miranda em A Força do Querer (Foto: Fábio Rocha/TV Globo)Silvero vive a travesti Elis Miranda em A Força do Querer (Foto: Fábio Rocha/TV Globo)

Quando você contou à sua família que era homossexual?
PEREIRA –
Esse sempre foi um assunto difícil de falar com minha família, mas, de maneira natural, eles compreenderam que não podiam exigir de mim questões heteronormativas. Não podiam exigir namoradas, casamento, filhos, algo que eles tentaram  durante minha adolescência. Depois que me reconheci de fato, não permiti que ninguém interferisse em minha construção. 


Você se relacionou com meninas?
PEREIRA – Durante toda a minha adolescência, todas as minha relações foram com meninas. Primeiro namorei meninas; depois, passei a me relacionar com garotos. Foi um processo natural. Não gosto de me encaixotar na obrigação de me definir homossexual, bissexual. Gosto muito mais da liberdade de ser, do que da obrigação de definir. Essa é uma frase que tenho usado sempre. Hoje, aos 35 anos, sou feliz com minha identidade. Não me privo dos meus desejos, sejam eles por homens ou por mulheres. Permito que esses desejos aconteçam e, se tiver que ser por homem ou por mulher, que seja bem bonito para mim.


Como os travestis eram tratados em sua cidade natal?
PEREIRA – uma história muito perturbadora da minha infância: Há uma travesti em minha cidade, que mora lá até hoje, chamada Barbosinha. Sempre me disseram que ela tinha uma doença e eu não deveria me aproximar. Era uma espécie de lenda urbana que dizia que a gente não podia ter contato com a Barbosinha. Quando saí da minha cidade, eu era transfóbico. Fui obrigado a não gostar de Barbosinha, a pensar que ela era quase um bicho.  Mas, apesar de eu não ter compreensão sobre sexualidade e identidade de gênero, sentia interesse por esses temas, mesmo sem saber ainda me encaixar. Foi no teatro que compreendi que as pessoas tinham me feito pensar tudo errado.


Você sofreu preconceito no início de sua carreira?
PEREIRA – Sim, por fazer trabalhos para travestis. A classe artística começou a dizer que eu não era era ator, que deveria virar transformista e seguir os passos de minhas colegas nas boates. Mas enfrentei tudo e hoje digo: “Vocês estavam errados”. Hoje, há travestis que trabalham como  funcionárias públicas, são casadas, respeitadas. Claro que ainda existem muitas que são marginalizadas, mas o cenário é bem diferente de quando eu era mais jovem.


Por que você montou a companhia de teatro As Travestidas?
PEREIRA – Estamos num movimento muito bonito rumo à representatividade nas artes cênicas e me considero alguém que, de fato, contribuiu para esse movimento. Há 15 anos, no Ceará, acompanhei muitas amigas artistas largarem o teatro para trabalhar apenas em boates. A construção do meu grupo foi uma luta política, de resistência, para que as meninas voltassem ao  teatro. No grupo, temos três transexuais graduadas em artes cênicas. Somos em 12 integrantes e tem de tudo: hétero, homo, bi,  fluido de gênero, travesti, transexual e transformista.


O que falta para o seu grupo se multiplicar?
PEREIRA – Políticas públicas em defesa das questões LGBT. A área artística está à frente de outros setores. É preciso que as pessoas reconheçam que o Brasil é o país onde se mata mais travesti e trans no mundo. Não há políticas em defesa dessa comunidade. O Brasil se finge democrático e libertário, mas é assassino e violento.


Na TV, você prefere se ver como Elis ou Nonato?
PEREIRA – Me sinto tão feliz de barba quanto de cabelo comprido e usando vestido. O masculino é uma coisa que me interessa, me excita e me deixa feliz. Mas o feminino é algo que me comove, mexe comigo. Me sinto feliz das duas formas. Até uns 30 anos, me sentia confuso sobre a masculinidade, a feminilidade, mas agora transito normalmente. O teatro foi minha terapia e me ajudou intensamente a resolver essas questões.


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Moda no Estadao Folha de S.Paulo Portal G1 SPFW Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Travesti na novela das 9, Silvero Pereira se sente bem como homem ou mulher

Silvero Pereira fala sobre Nonato de A Força do Querer e as questões LGBT (Foto: Globo/Maurício Fidalgo)Silvero Pereira fala sobre Nonato de A Força do Querer e as questões LGBT (Foto: Globo/Maurício Fidalgo)

Silvero Pereira se define como uma pessoa que não gosta de se “encaixotar”. Livre de preconceitos e firme em suas opiniões, ele não deixa que ninguém o coloque para baixo. “Ser chamado de ‘viado’ e ‘traveco’ para mim é motivo de orgulho”, diz ele em entrevsita. Cearense de Mombaça, uma cidade de 50 mil habitantes, o ator de 35 anos – filho de operário e mãe lavadeira – é casado há nove com um dramaturgo, mas teve várias namoradas na adolescência.  


Foi pensando em defender atores transexuais e travestis que Pereira montou a companhia teatral AsTravestidas. Defensor dos direitos da comunidade LGBT, ele acredita que é preciso lutar por leis que defendam a todos: “Se não, vamos acabar revelando que o Brasil se finge democrático e libertário, mas é assassino e violento.”


Como tem sido a repercussão de seu personagem na novela?
SILVERO PEREIRA Faço teatro há 18 anos. Construí uma trajetória artística e política muito importante. Há 15 anos, me dedico às questões LGBT, de travestis, transexuais e transformistas, e  ganhei notoriedade, mas, claro, tudo isso está muito longe do que uma novela das 9 consegue proporcionar. Não consigo mensurar o tamanho disso tudo. Estou em cartaz em São Paulo com a peça “Brtrans“, e, outro dia, andando pela Avenida Paulista, pela primeira vez as pessoas me abordam para falar sobre o Nonato, meu personagem na novela. Nas redes sociais, tenho um Instagram bem ativo e, às vezes, entro ao vivo. Quando isso acontece, sempre aparece uma pessoa que decide me agredir. Reajo politicamente.


O que chama de reagir politicamente?
PEREIRA – Quando tentam me chamar de “viadão”, “traveco”, palavras que podem ser consideradas depreciativas e insultos, eu rebato dizendo que, para mim, elas são motivo de orgulho, adjetivos bem positivos. Esse tipo de atitude faz com que eu acabe levantando essa bandeira para outras pessoas que, no dia a dia, são agredidas e até espancadas. Costumo dizer: “Respondam [às agressões] e se sintam orgulhosas pelo que são”. É muito fácil julgar uma travesti que está na esquina se prostituindo. Mas qual a história dela? Precisamos nos aprofundar nessas questões, sair da superficialidade para entender o que ela sofreu desde criança. Ela está na rua tentando sobreviver.

Leandra Leal e Silvero Pereira na Parada do Orgulho LGBT, neste domingo (18) (Foto: Reprodução Instagram)Leandra Leal e Silvero Pereira na Parada do Orgulho LGBT, neste domingo (18) (Foto: Reprodução Instagram)

Quando decidiu ser ator?
PEREIRA – Minha irmã Cristiana e eu costumávamos brincar de show de calouros. Desde pequeno, gostava de me fantasiar. Trancado no banheiro, me sentia seguro para me expor, pois, sozinho, podia brincar com minhas fantasias. Alguns amigos na infância, principalmente as meninas,  compreendiam minha inclinação para as artes e participavam das minhas invenções. Mas só fui saber o que era teatro quando me mudei para Fortaleza, aos 17 anos. Quando assisti a primeira peça de teatro, descobri o que queria fazer na vida.

Silvero vive a travesti Elis Miranda em A Força do Querer (Foto: Fábio Rocha/TV Globo)Silvero vive a travesti Elis Miranda em A Força do Querer (Foto: Fábio Rocha/TV Globo)

Quando você contou à sua família que era homossexual?
PEREIRA –
Esse sempre foi um assunto difícil de falar com minha família, mas, de maneira natural, eles compreenderam que não podiam exigir de mim questões heteronormativas. Não podiam exigir namoradas, casamento, filhos, algo que eles tentaram  durante minha adolescência. Depois que me reconheci de fato, não permiti que ninguém interferisse em minha construção. 


Você se relacionou com meninas?
PEREIRA – Durante toda a minha adolescência, todas as minha relações foram com meninas. Primeiro namorei meninas; depois, passei a me relacionar com garotos. Foi um processo natural. Não gosto de me encaixotar na obrigação de me definir homossexual, bissexual. Gosto muito mais da liberdade de ser, do que da obrigação de definir. Essa é uma frase que tenho usado sempre. Hoje, aos 35 anos, sou feliz com minha identidade. Não me privo dos meus desejos, sejam eles por homens ou por mulheres. Permito que esses desejos aconteçam e, se tiver que ser por homem ou por mulher, que seja bem bonito para mim.


Como os travestis eram tratados em sua cidade natal?
PEREIRA – uma história muito perturbadora da minha infância: Há uma travesti em minha cidade, que mora lá até hoje, chamada Barbosinha. Sempre me disseram que ela tinha uma doença e eu não deveria me aproximar. Era uma espécie de lenda urbana que dizia que a gente não podia ter contato com a Barbosinha. Quando saí da minha cidade, eu era transfóbico. Fui obrigado a não gostar de Barbosinha, a pensar que ela era quase um bicho.  Mas, apesar de eu não ter compreensão sobre sexualidade e identidade de gênero, sentia interesse por esses temas, mesmo sem saber ainda me encaixar. Foi no teatro que compreendi que as pessoas tinham me feito pensar tudo errado.


Você sofreu preconceito no início de sua carreira?
PEREIRA – Sim, por fazer trabalhos para travestis. A classe artística começou a dizer que eu não era era ator, que deveria virar transformista e seguir os passos de minhas colegas nas boates. Mas enfrentei tudo e hoje digo: “Vocês estavam errados”. Hoje, há travestis que trabalham como  funcionárias públicas, são casadas, respeitadas. Claro que ainda existem muitas que são marginalizadas, mas o cenário é bem diferente de quando eu era mais jovem.


Por que você montou a companhia de teatro As Travestidas?
PEREIRA – Estamos num movimento muito bonito rumo à representatividade nas artes cênicas e me considero alguém que, de fato, contribuiu para esse movimento. Há 15 anos, no Ceará, acompanhei muitas amigas artistas largarem o teatro para trabalhar apenas em boates. A construção do meu grupo foi uma luta política, de resistência, para que as meninas voltassem ao  teatro. No grupo, temos três transexuais graduadas em artes cênicas. Somos em 12 integrantes e tem de tudo: hétero, homo, bi,  fluido de gênero, travesti, transexual e transformista.


O que falta para o seu grupo se multiplicar?
PEREIRA – Políticas públicas em defesa das questões LGBT. A área artística está à frente de outros setores. É preciso que as pessoas reconheçam que o Brasil é o país onde se mata mais travesti e trans no mundo. Não há políticas em defesa dessa comunidade. O Brasil se finge democrático e libertário, mas é assassino e violento.


Na TV, você prefere se ver como Elis ou Nonato?
PEREIRA – Me sinto tão feliz de barba quanto de cabelo comprido e usando vestido. O masculino é uma coisa que me interessa, me excita e me deixa feliz. Mas o feminino é algo que me comove, mexe comigo. Me sinto feliz das duas formas. Até uns 30 anos, me sentia confuso sobre a masculinidade, a feminilidade, mas agora transito normalmente. O teatro foi minha terapia e me ajudou intensamente a resolver essas questões.


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Moda no Estadao Folha de S.Paulo Portal G1 SPFW Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Outono/Inverno: jaquetas incríveis por até R$ 300 para você atualizar o guarda-roupa

Uma boa jaqueta pode dar um up no look ao mesmo tempo que protege do frio (Foto: Imaxtree)Uma boa jaqueta pode dar um up no look ao mesmo tempo que protege do frio (Foto: Imaxtree)

Uma boa jaqueta pode fazer maravilhas por um look. Tanto para proteger do ventro frio quanto para deixar uma produção mais moderna ou elegante, ela é a peça de roupa perfeita para a meia-estação e um complemento indispensável quando o inverno chegar de vez.


O lado positivo de usar jaquetas é que elas podem fazer parte da regra da ‘terceira peça’: colocar alguma coisa – como uma bomber jacket, um blazer ou até um colete – por cima da roupa é uma forma de dar mais personalidade para produção, além de deixá-la com uma cara mais arrumada.


Claro que, para isso, é preciso encontrar aquela peça que mais combine com o seu estilo pessoal e optar por modelos que possam transitar do dia para a noite ou ainda que sejam um item classico no seu guarda-roupa (lembrando que clássico não necessariamente significa de cores neutras).


Fizemos uma seleção de modelos atuais e modernos, todos por menos de R$ 300, para você atualizar o seu armário para a nova estação sem gastar muito – e sem perder o estilo! Confira a  nossa galerra!


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Moda no Estadao Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Penteados para cabelo curto: inspire-se nas famosas e aprenda a variar o look

Ginnifer Goodwin é uma das famosas que investe em texturas diferentes com o cabelo curto (Foto: Getty Images)Ginnifer Goodwin é uma das famosas que investe em texturas diferentes com o cabelo curto (Foto: Getty Images)

As mulheres de cabelo curto constantemente sentem que não têm opção para variar o look. De fato, para elas parece mais difícil brincar com o visual já que não têm comprimento o suficiente para sair do comum. No entanto, existem opções de penteados para mulheres de cabelo curto que podem entrar para o seu repertório.


O mundo das celebridades também está repleto de referências incríveis – que vão de um simples slick hair (o cabelo puxado para trás com bastante gel), até uso de acessórios em massa para deixar produção com uma cara mais moderna ou feminina, dependendo da ocasião e do estilo pessoal de cada uma. “Os acessórios são ótimos na questão da praticidade: uma tiara, alguns grampos, presilhas e headbands são ótimas para dar um incremento a mais no look e mudar completamente a cara do visual”, diz a hairstylist Eduarda Rodrigues, do Eduarda Rodrigues Studio Hair & Spa.


Segundo a profissional, uma forma de você garantir mais opções de penteados usando o próprio cabelo é pensar em um corte que seja um pouco mais versátil do que o joãozinho – não que ele deixe de ser incrível para qualquer mulher por causa disso. “Cabelos curtos com uma lateral mais comprida, ou com uma franja, ganham mais versatilidade. Nesse comprimento maior, seja na lateral ou na franja, podemos brincar com texturas, usando babyliss para dar volume, chapinha, para deixar os fios lisos ou uma pomada modeladora, para dar forma. É o corte que faz com que o cabelo curto, mesmo com poucos fios, tenha um caimento e movimento diferenciado, permitindo múltiplas versões”, explica ela.


COMO CRIAR PENTEADOS PARA CABELO CURTO?


O principal é você ter a mãos os acessórios certos. Um bom secador e uma escova adequada para o seu tipo de cabelo são a porta de entrada para brincar com acabamentos diferentes. Em seguida, vem os cosméticos adequados para o que você pretende fazer.


“Produtos que deem textura como uma pomada modeladora, mousse de volume e shampoo seco são essenciais para modelar o cabelo e dar a forma desejada. Para as cacheadas, um ativador de cachos garante o volume poderoso e valoriza o rosto!”, diz Eduarda.


Segundo a profissional, muitas mulheres se prendem no comprimento e esquecem que é possível variar a produção mesmo quando você não tem um cabelo à la Kim Kardashian.  A franja, por exemplo, pode ser alisada e jogada para a lateral, dando um ar mais feminino, ou encurtada e bagunçada, para um look moderno. Produtos como ceras ou pomadas são boas aliadas para variar a textura. Os fios também podem ganhar volume com o uso de um leave-in específico antes da secagem, sem deixar o visual pesado. Mudar a posição da risca do cabelo é outra forma de renovar o look, repartindo os fios ao meio, de lado ou até completamente para trás”.


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Moda no Estadao Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Rafa Brites posta foto com Rocco e diz que admira mães que cuidam dos bebês sozinhas

Rafa Brites (Foto: Reprodução/Instagram)Rafa Brites (Foto: Reprodução/Instagram)

Rafa Brites compartilhou um clique com o filho Rocco no Instagram,. Na imagem, o bebê, seu primeiro do casamento com o jornalista Felipe Andreoli, aparece dormindo no seu braço. 


Na legenda, a repórter do “Mais Você” contou um pouco da sua rotina com o filho e disse que tem alguém para ajudá-la cinco vezes por semana. Ela afirmou que admira mães que não tem ajuda para cuidar do filho, porque ela disse que nos dois dias que fica sozinha com o bebê, se sente  exausta.


“Eu realmente admiro mães que por opção, ou por falta dessa opção, não tem ajuda para cuidar de um bebê. Não sou alienada a ponto de não saber que ter uma empregada doméstica ou babá é para a minoria ínfima aqui no nosso país. Enfermeira então é o luxo dos luxos. Não daria nem para falar que em outros países isso é comum porque não é. Pelo contrário, são profissões geradas pelo modelo de vida da classe alta latina. Nos países da Europa, nos Estados Unidos, Japão etc é raríssimo. Eu sou uma dessas latinas, de determinada classe, que tem a opção de contar com esses serviços. Tenho pessoas 5 vezes por semana que, junto comigo e com o pai dividem a tarefa de cuidar do Rocco. Agora, nos dois dias que não tenho, fico exausta”, afirmou.


“Como o Felipe trabalha durante o final de semana fico sozinha mesmo. Não rola nem a casa das vovós porque elas moram em outra cidade. Aí, minhas costas doem demais. Me enrolo toda. Tomo banhos pela metade, secar o cabelo como podem ver pela foto, nem pensar. Para me vestir apelo para os canais de desenho (coisa que dizia que só deixaria depois de uma certa idade). Acumula louça, roupa, lixo com fraldas, não dou conta de esterilizar as coisas. Mas assim fica porque amanhã é segunda-feira e chega toda a turma que me ajuda. Mas e aí? Na sua casa que não chega ninguém? Nem amanhã nem depois? Sei que cada um analisa sua situação através da própria realidade, mas não tenho como não me ver como uma patricinha mimada ao reclamar que está difícil.”


Ela continou dizendo que o vínculo criado com o filho quando cuida dele sozinho é diferente. “Ao mesmo tempo, o vínculo criado nesses dois dias intensos é algo diferente dos outros. Certamente as mães que não contam com essa ajuda têm um vínculo maior com seus filhos. Algo doído de eu ter que admitir, mas sim, ao ter essa regalia toda, divido também a criação do meu filho com outras pessoas. Não que isso seja ruim, até porque são maravilhosas, provavelmente mais sábias do que eu. Mas é um fato. Pago pau para vocês mães 24h mão na massa. Ainda fazem o almoço, cuidam do filho mais velho. Como isso? Acho que minha couraça é muito fina mesmo, viu. É muito nhé nhé nhé. Parabéns. São exemplos pra mim, viu? TODO O MEU RESPEITO E ADMIRAÇÃO. Bom final de domingo, que no fundo dá quase na mesma que a segunda…”


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Moda no Estadao Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model