As Pussycat Dolls estão de volta!

Pussycat Dolls (Foto: Divulgação)

Mistério no ar! No último domingo (8), surgiu na internet um perfil no Instagram e um website das Pussycat Dolls, informando que o grupo (ícone dos anos 2000) fará um retorno.

“Chocado com a música nova”

A novidade foi divulgada junto com o site PCD Reunion, que foi disponibilizado nesta segunda-feira (9), e conta apenas com o logo do grupo e com um espaço para inscrição. Vem novidade por aí!

Retorno do grupo Pussycat Dolls (Foto: Reprodução/Instagram)

O grupo surgiu em 2005 e, segundo a MTV Britânica, a reunion contará com a formação original com Nicole Scherzinger, Carmit Bachar, Ashley Roberts, Jessica Sutta, Melody Thornton e Kimberly Wyatt. Com dois discos na carreira, as Pussycat Dolls lançaram sucessos como “Don’t Cha”, “Wait a Minute” e “When I Grow Up”. Elas se separaram em 2009 após desavenças entre algumas integrantes.

Quem lembra deste hino?

Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Modelos Masculinos SPFW Revista Epoca Vogue Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Melhores Agencias Agencias de Modelos do Brasil Linksweb Neoplanos Agentes do Alem 3ICAP Premio de Moda AnuarioTI Governo ID Porto Alegre Fashionlines Balenciaga Pebblebeb Sweetyus O Povo Hubblo Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Agencias de Modelos e Top Models UOL Estilo G1 Moda  Folha S.Paulo Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Netflix: confira todos os lançamentos de outubro da plataforma de streaming

Todos mês a Netflix libera novidades no seu catálogo de séries, filmes e documentários especiais. No mês de outubro, entre as séries, a tão aguardada segunda temporada de Stranger Things”, além de novos episódios de The Flash” (3ª temporada), Arrow” (5ª temporada), Designated Survivor” (2ª temporada), Suits” (7ª temporada) e Criminal Minds” (12ª temporada). Preparados?

Confira todos os lançamentos:

SÉRIES

Stranger Things (Temporada 2) – 27/10/2017 Sinopse: A segunda temporada começa mostrando que, mesmo um ano depois de voltar do Mundo Invertido, Will continua estranho. Sua mãe faz de tudo para que as coisas voltem ao normal e até começa a namorar um antigo colega de classe.

The Flash (Temporada 3) – 20/10/2017 Sinopse: Depois de reiniciar a história, Barry curte a vida enquanto Kid Flash cuida dos criminosos. Mal sabe ele que um novo rival está chegando com tudo.

Arrow (Temporada 5) – 20/10/2017 Sinopse: Agora, prefeito e protetor da Star City, Oliver reúne uma equipe de vigilantes novatos para combater a ascensão da criminosa Igreja Tobias.

Criminal Minds (Temporada 12) – 20/10/2017 Sinopse: Na temporada 12, um novo agente se une à equipe para ajudar a investigar invasões de domicílio e sequestros, perseguir assassinos fugitivos e muito mais. Estreia na Netflix dia 15 de outubro.

The Flash (Temporada 3) Depois de reiniciar a história, Barry curte a vida enquanto Kid Flash cuida dos criminosos. Mal sabe ele que um novo rival está chegando com tudo.

Suits (Foto: Divulgação)

Suits (Temporada 7) – 20/10/2017 Sinopse: Na temporada 7, Mike começa sua carreira como advogado legítimo enquanto Harvey começa a tentar obter o controle da Pearson Specter Litt.

Dynasty (Temporada 1) – 12/10/2017 Sinopse: A icônica série dos anos 80 retorna em nova versão. Dinastia segue a disputa por fortuna e filhos travada entre duas das famílias mais ricas dos EUA. Série original Netflix, um episódio por semana a partir de 12 de outubro.

Peaky Blinders (Temporadas 1 a 3) – 01/10/2017 Sinopse: O detetive de Belfast Chester Campbell é enviado a Birmingham com a missão de livrar a cidade de suas violentas gangues.

O Universo de Stranger Things: Parte 1 – 27/10/2017 Sinopse: Esta minissérie original Netflix mergulha nos eventos peculiares ocorridos na cidade ficcional de Hawkins. Cada episódio analisa um assunto com o elenco, a equipe de produção e celebridades convidadas, enquanto se aprofunda na história, nos personagens e nas conspirações do universo de Stranger Things.

Suburra (Temporada 1) – 06/10/2017 Sinopse: Três homens com passados e paixões diferentes precisam formar alianças para satisfazer suas mais profundas ambições. Baseada no livro homônimo, Suburra é uma série de ação, drama e crime que retrata 20 dias de caos em 10 episódios de tirar o fôlego.

FILMES

1922 – 20/10/2017 Sinopse: Um fazendeiro confessa: ele matou a esposa. Mas esse é só o começo desta trama macabra de terror psicológico motivada pela culpa. Baseada na obra de Stephen King.

It Comes at Night – 24/10/2017 Sinopse: Paul mora com sua esposa e o filho numa casa solitária, mas segura. Quando outra família pede refúgio, a desconfiança aumenta, e Paul precisa proteger a família contra algo que aterroriza a todos.

Gold – 17/10/2017 Sinopse: Em busca de riqueza e fama, um homem com muita esperança e pouca sorte e um geólogo misterioso partem para encontrar ouro na Indonésia.

Meus 15 Anos: O Filme – 12/10/2017 Sinopse: Bia perdeu a mãe aos 4 anos e, apesar da relação incrível com o pai, a vida na escola vai de mal a pior. Mas o aniversário de 15 anos dela está chegando, e tudo vai mudar.

Wheelman – 20/10/2017 Sinopse: O piloto de fuga de um assalto fracassado coloca sua frieza e habilidades no volante à prova conforme recebe ordens cada vez mais perigosas por telefone.

Os Meyerowitz – 13/10/2017 Sinopse: Família não se escolhe: Mágoas e rivalidades marcam o reencontro de três irmãos que se reúnem em Nova York para homenagear o pai, um escultor sem sucesso e pra lá de marrento. Filme original Netflix, estrelando Adam Sandler, Ben Stiller, Dustin Hoffman e Emma Thompson.

DOCUMENTÁRIOS

Princesa Diana (Foto: Reprodução)

The Story of Diana (Temporada 1) – 05/10/2017 Sinopse: O irmão e pessoas do círculo íntimo da princesa Diana falam sobre sua vida marcante e sobre seus conflitos pessoais.

One of Us – 20/10/2017 Sinopse: O documentário mostra a saga de três judeus que deixam o mundo fechado e secreto da comunidade hassídica e encaram a perda, o medo e a raiva na adaptação à sociedade secular.

A Morte e Vida de Marsha P. Johnson – 06/10/2017 Sinopse: Para a polícia, Marsha P. Johnson cometeu suicídio. Este documentário contesta a versão e presta um tributo à vida e ao legado da ativista da causa LGBT.

The Beatles (Foto: Getty Images)

It Was Fifty Years Ago Today! The Beatles: Sgt Pepper And Beyond – 05/10/2017 Sinopse: Com imagens de arquivo raras dos Beatles, este documentário explora a criação de um dos álbuns mais icônicos de todos os tempos.

Quando Conheci El Chapo – 20/10/2017 Sinopse: Estrela mexicana, a atriz Kate del Castillo revela sua história do encontro com o chefe do tráfico mais procurado do mundo, El Chapo.

Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Modelos Masculinos SPFW Revista Epoca Vogue Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Melhores Agencias Agencias de Modelos do Brasil Linksweb Neoplanos Agentes do Alem 3ICAP Premio de Moda AnuarioTI Governo ID Porto Alegre Fashionlines Balenciaga Pebblebeb Sweetyus O Povo Hubblo Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Agencias de Modelos e Top Models UOL Estilo G1 Moda  Folha S.Paulo Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Fergie exibe barriga sarada aos 42 anos

Fergie exibe corpão aos 42 anos (Foto: Reprodução Instagram )

Aa cantora Fergie deixou seus seguidores de queixo caído ao exibir uma barriga chapada aos 42 anos. De biquíni de lacinho, a cantora americana que ficou famosa por cantar com o The Black Eyed Peas mostrou que cuida bastante do corpo.

Mãe de Axl, de 4 anos, fruto do relacionamento com Josh Duhamel, a cantora se dedica a carreira solo. Fergie passou por uma situação desagradável há poucos dias, quando seu álbum “Double Dutchess” vazou na íntegra na internet, antes mesmo de ser lançado. Mas, a loira não perdeu o rebolado e ainda mantém mistério no ar dando prévias do clipe novo em sua conta no instagram, que tem quase 4 milhões de seguidores. “Exposta… mas não totalmente”, diz.

Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Agencias de Modelos e Top Models UOL Estilo G1 Moda  moda” target=”_blank” title=”Caderno de Moda Folha de São Paulo”>Folha S.Paulo Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Thaila Ayala posta clique supersensual em rede social

Thaila Ayala sensualiza no Instagram (Foto: Reprodução/Instagram)Thaila Ayala sensualiza no Instagram (Foto: Reprodução/Instagram)

Thaila Ayala postou uma imagem no Instagram, em que aparece esbanjando sensualidade. No clique em P&B, Thaila está com a blusa levantada, exibindo parte dos seios e do bumbum. “Cofrinho”, escreveu na legenda da imagem, feita pelo fotógrafo Edurado Bravin para o projeto “The White T-Shirt”. 


Thaila Ayala foi modelo e teve sua carreira iniciada pelas mãos do competente booker Ney Alves, da Major Model Brasil


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Modelos Masculinos SPFW Revista Epoca Vogue Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Melhores Agencias Agencias de Modelos do Brasil Linksweb Neoplanos Agentes do Alem 3ICAP Premio de Moda AnuarioTI Governo ID Porto Alegre Fashionlines Balenciaga Pebblebeb Sweetyus O Povo Hubblo Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Agencias de Modelos e Top Models UOL Estilo G1 Moda  moda” target=”_blank”>Folha S.Paulo Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Travesti na novela das 9, Silvero Pereira se sente bem como homem ou mulher

Silvero Pereira fala sobre Nonato de A Força do Querer e as questões LGBT (Foto: Globo/Maurício Fidalgo)Silvero Pereira fala sobre Nonato de A Força do Querer e as questões LGBT (Foto: Globo/Maurício Fidalgo)

Silvero Pereira se define como uma pessoa que não gosta de se “encaixotar”. Livre de preconceitos e firme em suas opiniões, ele não deixa que ninguém o coloque para baixo. “Ser chamado de ‘viado’ e ‘traveco’ para mim é motivo de orgulho”, diz ele em entrevsita. Cearense de Mombaça, uma cidade de 50 mil habitantes, o ator de 35 anos – filho de operário e mãe lavadeira – é casado há nove com um dramaturgo, mas teve várias namoradas na adolescência.  


Foi pensando em defender atores transexuais e travestis que Pereira montou a companhia teatral AsTravestidas. Defensor dos direitos da comunidade LGBT, ele acredita que é preciso lutar por leis que defendam a todos: “Se não, vamos acabar revelando que o Brasil se finge democrático e libertário, mas é assassino e violento.”


Como tem sido a repercussão de seu personagem na novela?
SILVERO PEREIRA Faço teatro há 18 anos. Construí uma trajetória artística e política muito importante. Há 15 anos, me dedico às questões LGBT, de travestis, transexuais e transformistas, e  ganhei notoriedade, mas, claro, tudo isso está muito longe do que uma novela das 9 consegue proporcionar. Não consigo mensurar o tamanho disso tudo. Estou em cartaz em São Paulo com a peça “Brtrans“, e, outro dia, andando pela Avenida Paulista, pela primeira vez as pessoas me abordam para falar sobre o Nonato, meu personagem na novela. Nas redes sociais, tenho um Instagram bem ativo e, às vezes, entro ao vivo. Quando isso acontece, sempre aparece uma pessoa que decide me agredir. Reajo politicamente.


O que chama de reagir politicamente?
PEREIRA – Quando tentam me chamar de “viadão”, “traveco”, palavras que podem ser consideradas depreciativas e insultos, eu rebato dizendo que, para mim, elas são motivo de orgulho, adjetivos bem positivos. Esse tipo de atitude faz com que eu acabe levantando essa bandeira para outras pessoas que, no dia a dia, são agredidas e até espancadas. Costumo dizer: “Respondam [às agressões] e se sintam orgulhosas pelo que são”. É muito fácil julgar uma travesti que está na esquina se prostituindo. Mas qual a história dela? Precisamos nos aprofundar nessas questões, sair da superficialidade para entender o que ela sofreu desde criança. Ela está na rua tentando sobreviver.

Leandra Leal e Silvero Pereira na Parada do Orgulho LGBT, neste domingo (18) (Foto: Reprodução Instagram)Leandra Leal e Silvero Pereira na Parada do Orgulho LGBT, neste domingo (18) (Foto: Reprodução Instagram)

Quando decidiu ser ator?
PEREIRA – Minha irmã Cristiana e eu costumávamos brincar de show de calouros. Desde pequeno, gostava de me fantasiar. Trancado no banheiro, me sentia seguro para me expor, pois, sozinho, podia brincar com minhas fantasias. Alguns amigos na infância, principalmente as meninas,  compreendiam minha inclinação para as artes e participavam das minhas invenções. Mas só fui saber o que era teatro quando me mudei para Fortaleza, aos 17 anos. Quando assisti a primeira peça de teatro, descobri o que queria fazer na vida.

Silvero vive a travesti Elis Miranda em A Força do Querer (Foto: Fábio Rocha/TV Globo)Silvero vive a travesti Elis Miranda em A Força do Querer (Foto: Fábio Rocha/TV Globo)

Quando você contou à sua família que era homossexual?
PEREIRA –
Esse sempre foi um assunto difícil de falar com minha família, mas, de maneira natural, eles compreenderam que não podiam exigir de mim questões heteronormativas. Não podiam exigir namoradas, casamento, filhos, algo que eles tentaram  durante minha adolescência. Depois que me reconheci de fato, não permiti que ninguém interferisse em minha construção. 


Você se relacionou com meninas?
PEREIRA – Durante toda a minha adolescência, todas as minha relações foram com meninas. Primeiro namorei meninas; depois, passei a me relacionar com garotos. Foi um processo natural. Não gosto de me encaixotar na obrigação de me definir homossexual, bissexual. Gosto muito mais da liberdade de ser, do que da obrigação de definir. Essa é uma frase que tenho usado sempre. Hoje, aos 35 anos, sou feliz com minha identidade. Não me privo dos meus desejos, sejam eles por homens ou por mulheres. Permito que esses desejos aconteçam e, se tiver que ser por homem ou por mulher, que seja bem bonito para mim.


Como os travestis eram tratados em sua cidade natal?
PEREIRA – uma história muito perturbadora da minha infância: Há uma travesti em minha cidade, que mora lá até hoje, chamada Barbosinha. Sempre me disseram que ela tinha uma doença e eu não deveria me aproximar. Era uma espécie de lenda urbana que dizia que a gente não podia ter contato com a Barbosinha. Quando saí da minha cidade, eu era transfóbico. Fui obrigado a não gostar de Barbosinha, a pensar que ela era quase um bicho.  Mas, apesar de eu não ter compreensão sobre sexualidade e identidade de gênero, sentia interesse por esses temas, mesmo sem saber ainda me encaixar. Foi no teatro que compreendi que as pessoas tinham me feito pensar tudo errado.


Você sofreu preconceito no início de sua carreira?
PEREIRA – Sim, por fazer trabalhos para travestis. A classe artística começou a dizer que eu não era era ator, que deveria virar transformista e seguir os passos de minhas colegas nas boates. Mas enfrentei tudo e hoje digo: “Vocês estavam errados”. Hoje, há travestis que trabalham como  funcionárias públicas, são casadas, respeitadas. Claro que ainda existem muitas que são marginalizadas, mas o cenário é bem diferente de quando eu era mais jovem.


Por que você montou a companhia de teatro As Travestidas?
PEREIRA – Estamos num movimento muito bonito rumo à representatividade nas artes cênicas e me considero alguém que, de fato, contribuiu para esse movimento. Há 15 anos, no Ceará, acompanhei muitas amigas artistas largarem o teatro para trabalhar apenas em boates. A construção do meu grupo foi uma luta política, de resistência, para que as meninas voltassem ao  teatro. No grupo, temos três transexuais graduadas em artes cênicas. Somos em 12 integrantes e tem de tudo: hétero, homo, bi,  fluido de gênero, travesti, transexual e transformista.


O que falta para o seu grupo se multiplicar?
PEREIRA – Políticas públicas em defesa das questões LGBT. A área artística está à frente de outros setores. É preciso que as pessoas reconheçam que o Brasil é o país onde se mata mais travesti e trans no mundo. Não há políticas em defesa dessa comunidade. O Brasil se finge democrático e libertário, mas é assassino e violento.


Na TV, você prefere se ver como Elis ou Nonato?
PEREIRA – Me sinto tão feliz de barba quanto de cabelo comprido e usando vestido. O masculino é uma coisa que me interessa, me excita e me deixa feliz. Mas o feminino é algo que me comove, mexe comigo. Me sinto feliz das duas formas. Até uns 30 anos, me sentia confuso sobre a masculinidade, a feminilidade, mas agora transito normalmente. O teatro foi minha terapia e me ajudou intensamente a resolver essas questões.


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Moda no Estadao Folha de S.Paulo Portal G1 SPFW Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Travesti na novela das 9, Silvero Pereira se sente bem como homem ou mulher

Silvero Pereira fala sobre Nonato de A Força do Querer e as questões LGBT (Foto: Globo/Maurício Fidalgo)Silvero Pereira fala sobre Nonato de A Força do Querer e as questões LGBT (Foto: Globo/Maurício Fidalgo)

Silvero Pereira se define como uma pessoa que não gosta de se “encaixotar”. Livre de preconceitos e firme em suas opiniões, ele não deixa que ninguém o coloque para baixo. “Ser chamado de ‘viado’ e ‘traveco’ para mim é motivo de orgulho”, diz ele em entrevsita. Cearense de Mombaça, uma cidade de 50 mil habitantes, o ator de 35 anos – filho de operário e mãe lavadeira – é casado há nove com um dramaturgo, mas teve várias namoradas na adolescência.  


Foi pensando em defender atores transexuais e travestis que Pereira montou a companhia teatral AsTravestidas. Defensor dos direitos da comunidade LGBT, ele acredita que é preciso lutar por leis que defendam a todos: “Se não, vamos acabar revelando que o Brasil se finge democrático e libertário, mas é assassino e violento.”


Como tem sido a repercussão de seu personagem na novela?
SILVERO PEREIRA Faço teatro há 18 anos. Construí uma trajetória artística e política muito importante. Há 15 anos, me dedico às questões LGBT, de travestis, transexuais e transformistas, e  ganhei notoriedade, mas, claro, tudo isso está muito longe do que uma novela das 9 consegue proporcionar. Não consigo mensurar o tamanho disso tudo. Estou em cartaz em São Paulo com a peça “Brtrans“, e, outro dia, andando pela Avenida Paulista, pela primeira vez as pessoas me abordam para falar sobre o Nonato, meu personagem na novela. Nas redes sociais, tenho um Instagram bem ativo e, às vezes, entro ao vivo. Quando isso acontece, sempre aparece uma pessoa que decide me agredir. Reajo politicamente.


O que chama de reagir politicamente?
PEREIRA – Quando tentam me chamar de “viadão”, “traveco”, palavras que podem ser consideradas depreciativas e insultos, eu rebato dizendo que, para mim, elas são motivo de orgulho, adjetivos bem positivos. Esse tipo de atitude faz com que eu acabe levantando essa bandeira para outras pessoas que, no dia a dia, são agredidas e até espancadas. Costumo dizer: “Respondam [às agressões] e se sintam orgulhosas pelo que são”. É muito fácil julgar uma travesti que está na esquina se prostituindo. Mas qual a história dela? Precisamos nos aprofundar nessas questões, sair da superficialidade para entender o que ela sofreu desde criança. Ela está na rua tentando sobreviver.

Leandra Leal e Silvero Pereira na Parada do Orgulho LGBT, neste domingo (18) (Foto: Reprodução Instagram)Leandra Leal e Silvero Pereira na Parada do Orgulho LGBT, neste domingo (18) (Foto: Reprodução Instagram)

Quando decidiu ser ator?
PEREIRA – Minha irmã Cristiana e eu costumávamos brincar de show de calouros. Desde pequeno, gostava de me fantasiar. Trancado no banheiro, me sentia seguro para me expor, pois, sozinho, podia brincar com minhas fantasias. Alguns amigos na infância, principalmente as meninas,  compreendiam minha inclinação para as artes e participavam das minhas invenções. Mas só fui saber o que era teatro quando me mudei para Fortaleza, aos 17 anos. Quando assisti a primeira peça de teatro, descobri o que queria fazer na vida.

Silvero vive a travesti Elis Miranda em A Força do Querer (Foto: Fábio Rocha/TV Globo)Silvero vive a travesti Elis Miranda em A Força do Querer (Foto: Fábio Rocha/TV Globo)

Quando você contou à sua família que era homossexual?
PEREIRA –
Esse sempre foi um assunto difícil de falar com minha família, mas, de maneira natural, eles compreenderam que não podiam exigir de mim questões heteronormativas. Não podiam exigir namoradas, casamento, filhos, algo que eles tentaram  durante minha adolescência. Depois que me reconheci de fato, não permiti que ninguém interferisse em minha construção. 


Você se relacionou com meninas?
PEREIRA – Durante toda a minha adolescência, todas as minha relações foram com meninas. Primeiro namorei meninas; depois, passei a me relacionar com garotos. Foi um processo natural. Não gosto de me encaixotar na obrigação de me definir homossexual, bissexual. Gosto muito mais da liberdade de ser, do que da obrigação de definir. Essa é uma frase que tenho usado sempre. Hoje, aos 35 anos, sou feliz com minha identidade. Não me privo dos meus desejos, sejam eles por homens ou por mulheres. Permito que esses desejos aconteçam e, se tiver que ser por homem ou por mulher, que seja bem bonito para mim.


Como os travestis eram tratados em sua cidade natal?
PEREIRA – uma história muito perturbadora da minha infância: Há uma travesti em minha cidade, que mora lá até hoje, chamada Barbosinha. Sempre me disseram que ela tinha uma doença e eu não deveria me aproximar. Era uma espécie de lenda urbana que dizia que a gente não podia ter contato com a Barbosinha. Quando saí da minha cidade, eu era transfóbico. Fui obrigado a não gostar de Barbosinha, a pensar que ela era quase um bicho.  Mas, apesar de eu não ter compreensão sobre sexualidade e identidade de gênero, sentia interesse por esses temas, mesmo sem saber ainda me encaixar. Foi no teatro que compreendi que as pessoas tinham me feito pensar tudo errado.


Você sofreu preconceito no início de sua carreira?
PEREIRA – Sim, por fazer trabalhos para travestis. A classe artística começou a dizer que eu não era era ator, que deveria virar transformista e seguir os passos de minhas colegas nas boates. Mas enfrentei tudo e hoje digo: “Vocês estavam errados”. Hoje, há travestis que trabalham como  funcionárias públicas, são casadas, respeitadas. Claro que ainda existem muitas que são marginalizadas, mas o cenário é bem diferente de quando eu era mais jovem.


Por que você montou a companhia de teatro As Travestidas?
PEREIRA – Estamos num movimento muito bonito rumo à representatividade nas artes cênicas e me considero alguém que, de fato, contribuiu para esse movimento. Há 15 anos, no Ceará, acompanhei muitas amigas artistas largarem o teatro para trabalhar apenas em boates. A construção do meu grupo foi uma luta política, de resistência, para que as meninas voltassem ao  teatro. No grupo, temos três transexuais graduadas em artes cênicas. Somos em 12 integrantes e tem de tudo: hétero, homo, bi,  fluido de gênero, travesti, transexual e transformista.


O que falta para o seu grupo se multiplicar?
PEREIRA – Políticas públicas em defesa das questões LGBT. A área artística está à frente de outros setores. É preciso que as pessoas reconheçam que o Brasil é o país onde se mata mais travesti e trans no mundo. Não há políticas em defesa dessa comunidade. O Brasil se finge democrático e libertário, mas é assassino e violento.


Na TV, você prefere se ver como Elis ou Nonato?
PEREIRA – Me sinto tão feliz de barba quanto de cabelo comprido e usando vestido. O masculino é uma coisa que me interessa, me excita e me deixa feliz. Mas o feminino é algo que me comove, mexe comigo. Me sinto feliz das duas formas. Até uns 30 anos, me sentia confuso sobre a masculinidade, a feminilidade, mas agora transito normalmente. O teatro foi minha terapia e me ajudou intensamente a resolver essas questões.


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Moda no Estadao Folha de S.Paulo Portal G1 SPFW Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Sete frases feministas de celebridades para se inspirar

Emma Watson (Foto: Getty Images)Emma Watson (Foto: Getty Images)

Destaques em suas carreiras como cantoras, atrizes e políticas, algumas celebridades como Emma Watson, Beyoncé e Hillary Clinton provam que têm muito mais a falar além de grifes de roupas, casamento e gravidez.


Esses ícones da atualidade também têm usado o holofote para falar sobre igualdade de gênero, sexismo e independência feminina.


Confira sete frases feministas que vão inspirar mulheres! O papel de Hermione Granger nos filmes da série Harry Potter deixou Emma Watson mundialmente amada e conhecida ainda quando criança. A menina que cresceu em meio ao estrelato hoje tem 26 anos e plena consciência de seu papel como uma influenciadora. “Não quero que o medo de fracassar me impeça de fazer o que realmente gosto”, disse a atriz.

A cantora Beyoncé (Foto: Reprodução / Instagram)A cantora Beyoncé (Foto: Reprodução / Instagram)

A cantora Beyoncé, de 35 anos, conquistou uma carreira de sucesso e sua independência financeira antes de se casar com o cantor Jay-Z, com quem tem a pequena Blue Ivy, de 4 anos, e tenta inpsirar suas fãs a seguirem seu exemplo. “Tenha certeza de que você tem uma vida própria antes de se casar”, sugeriu ela. 

Helen Mirren (Foto: Reprodução/Instagram)Helen Mirren (Foto: Reprodução/Instagram)

A vencedora do Oscar de Melhor Atriz de 2007, Helen Mirren acredita que toda mulher hoje em dia é feminista mesmo sem saber. “Acredito que toda mulher em nossa cultura é feminista. Elas podem não admitir, mas se pudéssemos levá-las em uma viagem no tempo, para 40 anos atrás e perguntássemos ‘é esse o mundo em que você quer viver?’, elas diriam ‘não’”, afirma a britânica de 71 anos.

A candidata Hillary Clinton (Foto: Future-Image / Getty Images)A candidata Hillary Clinton (Foto: Future-Image / Getty Images)


Com grandes chances de se tornar a primeira presidente mulher dos Estados Unidos, Hillary Clinton, de 69 anos, luta para que os direitos que as mulheres já conquistaram não sejam perdidos. “Cada momento que perdemos olhando para trás, nos impede de seguir adiante.”

Madonna (Foto: Getty Images)Madonna (Foto: Getty Images)

Quando tinha cinco anos, Madonna perdeu sua mãe, vítima de um câncer de mama. A experiência fortaleceu a menina que correu atrás de sua realização profissional. Chocou os conservadores com músicas que abordavam o prazer sexual feminino e hoje aos 58 anos ainda levanta a bandeira de que todas as mulheres devem falar o que pensam sem se importar com julgamentos. “Eu apoio a liberdade de expressão, de fazer o que você acredita que seja bom e de correr atrás dos seus sonhos.”

A atriz Anne Hathaway (Foto: John Sciulli / Getty Images)A atriz Anne Hathaway (Foto: John Sciulli / Getty Images)

Anne Hathaway, de 33 anos, nunca deixa que um homem a cale quando ela está dando suas opiniões. A vencedora do Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante em 2013, relembrou uma situação em que rebateu um comentário sexista. “Um homem me disse uma vez que para uma mulher, eu opinava demais. Eu respondi: ‘Para um homem, você é um pouco ignorante”, relembra.

Lena Dunham sempre discursa a favor da valorização do corpo feminino em suas várias formas (Foto: Reprodução/Instagram)Lena Dunham sempre discursa a favor da valorização do corpo feminino em suas várias formas (Foto: Reprodução/Instagram)

Lena Dunham, de 30 anos, não tem vergonha de mostrar seu corpo fora do padrão de beleza imposto para as mulheres. A protagonista e criadora do seriado Girls acha que as meninas devem parar de se cobrar por um físico irreal. “A Barbie é deformada. É ok brincar com ela desde que você se lembre disso”, disse ela. 



Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

Modelo transgênero Valentina Sampaio sonha em ser angel: “Quebra de barreiras”

Sempre fui uma menina e nunca me senti diferente disso, afirma Valentina Sampaio (Foto: Gabriel de Moura)Sempre fui uma menina e nunca me senti diferente disso, afirma Valentina Sampaio (Foto: Gabriel de Moura)

A modelo transgênero Valentina Sampaio, de 20 anos, vem se destacando no mundo da moda e beleza. Ela passou a integrar o time de representantes da L’Oréal, se juntando a nomes como Grazi Massafera, Taís Araújo, Isabeli Fontana etc. “Me enche de orgulho ser porta-voz de uma marca tão importante”, contouEla acaba de vir para São Paulo e é uma das apostas de sua agência para a próxima SPFW, que acontecerá no fim de outubro.


Valentina, que nasceu em Aquiraz, no Ceará, e é filha de um pescador e uma professora, disse que ser transgênero aconteceu de forma natural, espontânea e tranquila. “Sempre fui uma menina e nunca me senti diferente disso. É simplesmente algo natural e intrínseco a mim. Tenho orgulho da mulher que me tornei, mas não me acomodo a isso. Tento sempre aprender mais e evoluir como ser humano.”


Quando cursava  faculdade de moda ela foi chamada para fazer um trabalho como modelo e, a partir daí, começou sua carreira. “Me apaixonei!”, afirmou. Valentina acredita que ainda existem obstáculos na sociedade por conta da sua condição, mas diz que no mundo fashion isso não acontece. “Tenho a sorte de uma profissão com menos barreiras. Trabalhar no mercado da moda permite que algumas questões possam fluir livremente.”

Valentina foi anunciada recentemente como uma das nova porta-vozes da L’Oréal, se juntando a nomes como Grazi Massafera (Foto: Reprodução/Instagram)Valentina foi anunciada recentemente como uma das nova porta-vozes da L’Oréal, se juntando a nomes como Grazi Massafera (Foto: Reprodução/Instagram)

Questionada se tem como inspiração modelos transgêneros que são destaque no mundo fashion, como Lea T. e Carol Marra, ela afirmou que admira as precursoras pela força e coragem que tiveram para enfrentar a vida e conquistar o sucesso. “No trabalho, busco ser eu mesma, sem comparações. Quero construir o meu próprio caminho.” Brigitte Bardot, Brooke Shields e Gisele Bündchen são outras tops que ela tem como referência.


Ela revelou que um dos seus sonhos na carreira é se tornar uma angel da grife americana Victoria’s Secret, que tem no seu time atual as brasileiras Alessandra Ambrosio, Adriana Lima e Lais Ribeiro – mas ainda não conta com nenhuma transgênero. “Claro que seria maravilhoso se esse sonho se tornasse realidade. Seria uma quebra de barreiras”, afirmou. “Me mantenho focada para melhorar sempre, e meu maior desejo é me realizar nessa profissão.”


Apesar de ter um trabalho em que é preciso se expor, a modelo disse ter uma personalidade reservada. “Procuro preservar minha vida pessoal e privacidade, mas me entrego com confiança e extroversão às pessoas que conheço e que fazem parte da minha vida.”


Dona de um corpo e rosto perfeitos, Valentina afirmou que nunca fez cirurgia plástica. “Ainda sou muito nova, e gosto da naturalidade. As pequenas imperfeições deixam o ser humano mais verdadeiro.”

Seria maravilhoso se esse sonho se tornasse realidade, diz Valentina sobre ser angel da Victoria's Secret (Foto: Gabriel de Moura)Seria maravilhoso se esse sonho se tornasse realidade, diz Valentina sobre ser angel da Victoria’s Secret (Foto: Gabriel de Moura)


Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model

No ar em “Justiça”, Jéssica Ellen diz que chora assistindo à série

“Às vezes, tento twittar durante a série, mas é difícil porque eu me emociono muito”, disse Jéssica Ellen (Foto: Divulgação)

Aos 13 anos, Jéssica Ellen começou a fazer teatro no projeto social Revivarte. Foi quando se apaixonou pela profissão de atriz e decidiu que gostaria de seguir carreira. “Achei muito mágico poder ser outra pessoa completamente diferente de mim. Isso me encantou muito. Decidi que queria ser atriz e fiquei com isso na cabeça”, contou.


Foi então que decidiu cursar faculdade de teatro, onde uma amiga sugeriu que ela tentasse trabalhar na TV Globo. “Eu nem sabia como funcionava. Ela passou o meu contato pra uma produtora de elenco que me chamou pra ir no Projac bater um papo, fazer o cadastro”. Seu primeiro papel na TV foi em “Malhação”. “Depois, ela fez as novelas “Geração Brasil” e “Totalmente Demais”.


Agora, aos 24, ela vive o papel de mais destaque na sua carreira: a Rose de “Justiça”. Na trama, a personagem de Jéssica passa por situações de preconceito descarado. Numa delas, ela e sua amiga Débora [Luisa Arraes] vão a um restaurante e, quando Rose pede uma mesa, a recepcionista mente e diz que estão todas ocupadas. Na história principal da personagem, elas vão a um luau comemorar que foram aprovados no vestibular de jornalismo e compram drogas. As duas são surpreendidas por policial que libera sua colega, que é branca, mas revista Rose. A droga que estava escondida acaba caindo e ela é detida e fica presa por sete anos.

Em Em “Justiça”, Jéssica vive Rose e Luisa Arraes é Débora (Foto: Divulgação/TVGlobo)

A atriz disse que nunca sofreu racismo como a personagem. “Diferente dos Estados Unidos, o racismo no Brasil é meio gelado, meio entre as coxas, então tem situações que eu falo: ‘será que foi?’ Mas ai já passou, eu não percebo muito. Da forma que acontece aqui no país acho que acaba te deixando meio na dúvida. Eu, por exemplo, nunca passei por uma situação como a da Rose de chegar num lugar e ser barrada. Isso nunca. Mas na escola eu era zoada pelo meu cabelo, fui a última a namorar… Eu era sempre a menina legal, mas nunca considerada a bonita. Esse tipo de coisa que hoje eu entendo que sofri racismo.”


Rose também se sente traída pela amiga, que acaba não ajudando ela durante a situação. Jéssica contou que nunca sofreu decepção com amizades. “Eu me dou muito com meu amigos. Os próximos sabem que eu tiro a roupa do corpo pra dar pra eles.” Ao sair da prisão, ela perdoa Débora. A atriz, porém, acredita que não agiria da mesma forma. “Sou geminiana, sou legal, mas meu ascendente é escorpião [risos]. Então não pisa no meu calo, sabe? Acho que não perdoaria, não. Não conseguia ver um amigo passando por alguma dificuldade ou fazendo alguma besteira e não ajudar”, disse. “Mas ao mesmo tempo, a Rose estava consumindo droga, então acho que ela também carrega essa responsabilidade de estar fazendo alguma coisa errada.”


EMOÇÃO DENTRO E FORA DE CENA
As cenas de Jéssica têm grande carga emocional e atriz disse que se entregou totalmente ao papel. “O Chico Accioly [preparador de elenco] e os diretores falam que eu sou muito entregue. Acho que existe um momento que o ator transcende, atravessa a televisão e toca as pessoas. Pra mim foi superemocionante. Na cena em que a Rose é presa, teve um momento que eu tive que parar pra repor mais água porque chorei tanto que estava desidratada já”, contou. “Nesse processo todo de Justiça, eu saí muito pouco pra curtir com meus amigos porque você doa muita energia, então precisa recarregá-las, ficar quietinha no seu canto.”


O choro, porém, não é só quando Jéssica está em cena. A atriz afirma que não consegue se conter quando assiste aos espisódios “Às vezes, tento twittar durante a série, mas é difícil porque me emociono muito. É uma mão limpando o choro e a outra tentando escrever [risos].


Jéssica acredita que as pessoas a enxergarão como uma pessoa e atriz mais madura depois desse papel. “A Rose foi um grande presente pra eu mostrar um lado mais mulher da Jéssica, porque até então ela era uma menina bonita, feliz e alegre. E a Rose está mostrando outros lados, até do meu trabalho.”


1ª CENA DE NUDEZ
Na série Rose protagonizou uma cena de sexo com Celso, personagem de Vladimir Brichta. Foi a primeira vez que a atriz fez uma cena de nudez. Ela contou que estava mais nervosa antes do que  a gravação. “Estava supernervosa porque a gente tem medo do novo, né, todo mundo tem medo de algo que não conhece”, afirmou. “O set fica reduzido pra não ter nenhum tipo de desconforto. E eu fiquei muito impressionada de como é técnico. O diretor falava: ‘Jéssica, com a mão direita arranha o ombro esquerdo do Vladimir. Agora levanta o pescoço e abre a boca.’ Tudo foi muito coreografado, então durante a cena foi supertranquilo, rápido, e o Vladimir é um ótimo parceiro de cena. O resultado ficou superbonito.”

Jéssica protagonizou sua primeira cena nu com Vladimir Brichta (Foto: Reprodução/GShow)Jéssica protagonizou sua primeira cena nu com Vladimir Brichta (Foto: Reprodução/GShow)

Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model